Ao contrário da Doença de Parkinson, a Doença de Alzheimer leva à morte.  Pode durar de 8 a 10 anos, mas o fim, infelizmente,  é a morte do paciente. Também é lenta e progressiva.

Não se perde somente a memória com esta patologia. Para diagnosticar Alzheimer,  é preciso que além deste fator da memória,  haja também prejuizo na fala (Afasia), percepção (Agnosia), psicomotricidade (Apraxia) e/ ou Funções Executivas. Para se fazer este diagnóstico é necessário que haja defasagem na memória e uma ou mais dessas outras funções acima.

A doença passa por 3 fases:

Na primeira fase o sujeito ainda tem autonomia.

Na segunda fase o paciente fica acamado.

Na terceira fase o indivíduo começa a alucinar.

A pessoa que possui esta doença não pode andar sozinha, e isso desde a primeira fase. Deve sempe estar acompanhada, até para dormir, e responsabilidades de cunho judicial, comercial e outras, devem ser afastadas.

Não há um fator que desencadeia esta patologia, ela aparece com o tempo. Pode haver perturbação do comportamento do sujeito portador, o que dificulta muito a vida de quem é cuidador.

Há alterações no cérebro: os sulcos ficam grandes, e os giros pequenos, o cérebro como um todo, diminui o tamanho, como se murchasse. Os neurotransmissores não conseguem transmitir as mensagens para o outro ponto e isso atrofia/ definha o cérebro. As áreas afetadas são: Lobo Temporal e Lobo Frontal.

A Avaliação é feita por neuropsicólogos ou neurologistas, mas geralmente a doença é detectada somente após a morte do paciente. Esta avaliação é feita de duas formas: *analisa-se a orientação temporal (dia, mês, ano, etc) e *conta-se uma história à pessoa e depois de 30 minutos pede-se que ele a repita (memória deferida).

Felizmente existem formas de melhorar a qualidade de vida deste paciente: Há medicamentos, como o anticoeinesterásico, estratégias compensatórias também o auxiliam e muito, como cartões com mensagens que o façam lembrar do caminho de casa, do seu nome, mapas de lugares conhecidos, cartão com os dados do paciente e outras.

A Paciência e Compreensão são essenciais para o trato com estas pessoas que estão sofrendo muito com esta patologia. Não nos esqueçamos que o nos parece fácil, nos parece, porque não acontece conosco. Paciência!

Anúncios

Comentários em: "Doença de Alzheimer – Não se perde só a memória" (3)

  1. Simone Manzaro disse:

    É de extrema importância que a sociedade como um todo seja devidamente informada não só pelo Alzheimer como também por outras doenças.
    Percebo nas atividades que realizo sobre tal tema, que um dos fatores que mais aparecem é a falta de paciência dos próprios familiares, talvez, eu disse “talvez” pela falta de informação em lidar com a doença. Alguns idosos são esquecidos pela família em ILPIs (Instituto de Longa Permanência para Idosos), pois seus cuidadores não tem tempo, ou paciência, ou tem uma vida muito atribuída de outras atividades e esquecem que hoje estão deixando de lado e não estão tendo paciência com aquele que provavelmente passou muitas noites em claro, que trocou fraldas sujas, e que nunca foi perguntado se estava gostando, mas sempre o fez com muito amor!
    Cabe a nós através dos nossos veículos de comunicação, repassar essas informações para todos.

    Famílias, não esqueçam dos seus idosos, cuidem, protejam aqueles que um dia fizeram tanto por vcs!

  2. Carla Egídio disse:

    É incrível Si, como alguns cuidadores realmente não têm paciência com estas pessoas que sofrem tanto com a idade e ainda são acometidos por esta patologia. Mas muitos dos que não possuem Alzheimer, também não encontram em suas famílias compreensão e paciência. Não que seja fácil cuidar de alguém que exige tantos cuidados, mas alguém precisa fazê-lo e é realmente incrível vê-los felizes com nosso amor e carinho.
    Novamente, obrigada pela força aqui no blog.
    =0)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: